Moradores da zona rural devem opinar sobre destinação do lixo

Publicado: 14/04/2021

Nos próximos dias, a população que reside na área rural de Cianorte receberá uma pesquisa sobre a destinação correta dos resíduos domiciliares. A iniciativa é da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA), para levantamento de questões essenciais para melhorar o sistema de coleta. Isto porque, as lixeiras localizadas nas estradas vicinais têm sido alvo do descarte de materiais vindos da zona urbana, em desacordo com a finalidade e em grandes volumes.

“Há menos de quinze dias, em parceria com a Secretaria Municipal de Serviços Públicos, realizamos um mutirão de limpeza pelas principais lixeiras rurais, que estavam abarrotadas de resíduos como móveis, madeiras, galhadas de árvores, pneus e eletrônicos. No momento, já há acúmulo, novamente, em alguns pontos. Isso traz sérias consequências ao meio ambiente, descontentamento aos moradores e transtorno aos coletores. Assim, este questionário é um diálogo entre os usuários e os prestadores do serviço de coleta na zona rural para que, juntos, possamos criar alternativas”, destacou a secretária da SEMMA, Daniella de Cássia Silva Carraro Parreiras.

Para isso, contamos com a opinião do maior número de pessoas possível e pedimos a colaboração de todas as comunidades rurais, com o propósito de melhorar a dinâmica da vida no campo”, enfatizou a secretária. Caso o morador não receba o questionário em casa e queira participar da pesquisa pode solicitá-lo por e-mail (meioambiente@cianorte.pr.gov.br), WhatsApp (44 99145-8630), nas sedes da SEMMA (Avenida Piauí, 2.099) e da Secretaria Municipal de Agricultura (Paço Municipal) ou, ainda, nos sindicatos rurais do município.

A bióloga e chefe da Divisão de Educação Ambiental, Cristiane Marchini Rocco Bernardi, ressalta que as lixeiras rurais são para o atendimento exclusivo dos resíduos domiciliares dos moradores da localidade e que o município mantém espaços específicos para a destinação correta de outros materiais por toda a população. “Caso alguma empresa ou pessoa da zona urbana for flagrada destinando resíduos nas lixeiras rurais pode responder como crime ambiental. As pessoas devem se atentar aos locais adequados para cada tipo de resíduo”, salientou.

Confira:

Sofás, colchões, eletroeletrônicos:
Avenida Santos Dumont, 1.115 – Jardim Ângelo Liberati (próximo ao Aeroporto). De segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h30, ou aos sábados, das 7h30 às 11h30.

Eletroeletrônicos:
Viveiro Municipal Benedito Zanzarini (Rua Afonso Pena, 366 – Zona 01). Toda quinta-feira, das 13h às 17h.

Galhada de árvores:
Avenida Santos Dumont, 1.115 – Jardim Ângelo Liberati (próximo ao Aeroporto). Ou disque-recolhimento somente para moradores da zona urbana pelo 44 9145 8630. De segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h30, ou aos sábados, das 7h30 às 11h30.

Dúvidas Secretaria Municipal de Meio Ambiente: 44 3631 6152 / WhatsApp 44 9145 8630

Fonte: Assessoria de Comunicação (Débora Fuzimoto)