Cianorte celebra a habilitação de mais três famílias acolhedoras

Publicado: 18/06/2020

O Serviço de Acolhimento Familiar de Cianorte, por meio do Programa Família Acolhedora, da Secretaria Municipal de Assistência Social, concedeu o certificado de habilitação para mais três famílias que concluíram a capacitação e que, assim, estão aptas a acolher crianças ou adolescentes que foram afastados do convívio de sua família de origem e estão sob medida protetiva, até que seja viabilizada a sua reintegração familiar, encaminhamento para a família extensa ou adoção.

O curso de capacitação foi realizado na sede do programa, que fica na Rua Ouro Verde, 161, na Zona 01, em atendimentos individuais e com todas as medidas de proteção em razão da pandemia de Covid-19. Nesta semana, todos os membros de cada família habilitada receberam o certificado de conclusão, além de uma lembrancinha confeccionada pela psicóloga do serviço, Fernanda Carvalho. “Nossa gratidão e reconhecimento às famílias que se dispõem a fazer parte da mudança no mundo de crianças e adolescentes, investindo, assim, em uma sociedade melhor no futuro”, afirmou a profissional.

Com isso, atualmente, o município conta com seis habilitações e, segundo a secretária da pasta, Marlene Bataglia, o Serviço de Acolhimento Familiar de Cianorte busca constantemente por famílias interessadas em participar do programa. “Acolher é investir emocionalmente em crianças e adolescentes que necessitam de cuidado, carinho e atenção. É um ato de amor ao próximo. Para isso, as inscrições de novas famílias podem ser realizadas a qualquer momento, basta acionar o atendimento de nossa equipe”, destacou.

Para saber mais sobre o Serviço de Acolhimento Familiar basta entrar em contato pelo e-mail acolhimento.smas@cianorte.pr.gov.br; ou pelos telefones (44) 3619-6381 / (44) 3619-6383. A inscrição pode ser feita pela internet, pelo link http://www.cianorte.pr.gov.br/acolhimento-familiar. “Estamos à disposição para tirar dúvidas e, caso necessário, agendar uma visita, que pode ser tanto da família à sede quanto da nossa equipe à residência, observadas as orientações de prevenção ao novo coronavírus”, salientou o chefe da Divisão, Fernando Oswaldo Ribeiro.

Fonte: Assessoria de Comunicação