SEMMA realiza ação para o recolhimento de lâmpadas fluorescentes

Publicado: 18/12/2019

Fazer o descarte de lâmpadas fluorescentes de maneira correta é uma obrigação de todos. Isso porque, descartá-las incorretamente pode ser muito nocivo para a saúde humana e ao meio ambiente. Apesar da praticidade, durabilidade e economia, no interior delas existe um componente químico muito perigoso à saúde: o mercúrio, um metal pesado e altamente tóxico. Devido a ele, o descarte se torna muito complicado. Pensando nisso, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, realiza nessa quinta-feira (19), o recolhimento de tais materiais, das 8h às 17h, no Viveiro Municipal Benedito Zanzarini, localizado atrás da UEM.

“O Artigo 33 da Lei Federal 12305/2010 estabelece que, a estruturação e implementação de sistemas de logística reversa, mediante o retorno dos produtos após o uso pelo consumidor, são obrigações dos fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes. Mas a Prefeitura opta por recolher e estocar essas lâmpadas, pois, do contrário, elas estariam em fundos de vale, depositadas em terrenos ou misturadas a materiais recicláveis. É uma questão de saúde pública”, diz o secretário municipal de Meio Ambiente, Guilherme Comar Schulz.

Fonte: Assessoria de Comunicação