Prefeitura e Sebrae discutem ações para fortalecer comércio local

Publicado: 12/04/2018

Cianorte atingiu índice superior à média estadual em empreendedorismo

Representantes do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) estiveram nesta terça-feira (10), reunidos com o prefeito Bongiorno e o secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Wanderley Fernandes, para discutir ações realizadas no comércio local e apresentar a nova consultora responsável pelo escritório de articulação, Thaís Marla Contin.

Durante a reunião, tratou-se também da renovação do Programa Cidade Empreendedora, que tem como foco melhorar o ambiente de negócios, através da implantação de políticas públicas e ações de desenvolvimento para os pequenos negócios. Em 2017, Cianorte constituiu o Comitê Gestor da Sala do Empreendedor. O grupo é composto por representantes de associações e de órgãos governamentais, e tem desenvolvido planos para facilitar a abertura e a formalização dos microempreendedores individuais (MEIs) do município que, hoje, já atingiu a marca de 2.477.

“Um dos trabalhos do programa é o de valorizar e incentivar empresas locais a participarem de compras públicas através de licitações, e com isso, fortalecer ainda mais as empresas”, frisou o gerente regional noroeste do Sebrae, Luiz Carlos da Silva. “Dentro do princípio da legalidade e da moralidade, estamos fazendo Benchmarking em outros municípios, que é o processo de analisar as estratégias desenvolvidas e que deram certo, para serem aplicadas aqui”, completou.

“Os representantes do Sebrae nos passaram a informação de que Cianorte atingiu, no ano passado, o índice de 7.8 em empreendedorismo na cidade, ficando acima da média estadual, que foi de 7.3, mas nosso objetivo é melhorar ainda mais”, pontuou Bongiorno. “Os pequenos empresários estão saindo da informalidade e buscando melhorar os negócios, e o nosso papel tem sido criar alternativas e condições para que isso aconteça. O município já recebeu prêmios como melhor agência de crédito do Paraná, e pode ficar ainda mais forte, pois em breve, poderemos expandir para o agronegócio”, finalizou.

A reunião também contou com a presença dos consultores do Sebrae-PR, Letícia Rodrigues Albuquerque, Adriano Pereira da Silva e Luiz Carlos Branco Flamengo.

Fonte: Assessoria de Comunicação