Parque Cinturão Verde comemora aniversário com inauguração de obras de arte

Publicado: 07/05/2018

Mural e escultura representam a fauna da segundo maior floresta urbana do Brasil

Duas novas obras de arte passaram a integrar o patrimônio público cultural de Cianorte. O mural e a escultura foram inaugurados no cruzamento das Avenidas Minas Gerais e Souza Naves (saída para Vidigal), na manhã do último sábado (05), durante a solenidade de comemoração dos 18 anos do Parque Cinturão Verde, completos no dia 28 de abril. Os trabalhos artísticos, produzidos por artistas do projeto “Fazendo Arte Tecendo a Vida”, representam a fauna local.

“As intervenções artísticas, além de serem belíssimas, enaltecem a importância da preservação do nosso maior patrimônio natural que é o Cinturão Verde”, enfatizou o prefeito Bongiorno, acompanhado da primeira-dama, Fátima Bongiorno. “Hoje, possuímos a segunda maior reserva florestal urbana do país preservada, não apenas por uma série de cuidados dispensados pelo Poder Público, mas também pelo carinho e zelo da população”, completou.

“Agora, além de um espaço agradável de lazer e proximidade com a natureza, os cianortenses e os visitantes passam a contar com um novo cartão postal, capaz de render belas fotos e momentos de apreciação da arte”, pontuou o deputado estadual, Jonas Guimarães. “Esses monumentos serão muitos importantes para que o município fortaleça cada vez mais a sua identidade cultural”, completou o vice-prefeito, Beto Nabhan.

As obras de arte, que consistem em um muro com mosaico e uma escultura, são frutos do projeto Fazendo Arte tecendo a Vida, realizado pela Unicultura e Trento Edições Culturais, e viabilizado por meio do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura do Paraná (Profice), com participação das empresas Copel, Frimesa, Rodoparaná e Supermax, não apresentando custo para a administração municipal.

“Cianorte é um dos oito municípios do interior do Estado beneficiado com as intervenções urbanas”, pontuou a representante da Unicultura, a produtora Lis Reis. “Nos sentimos honrados pela escolha”, agradeceu a chefe da Divisão de Cultura, Silvana Camargo. “Agora, contamos com os cuidados da população para preservar estes monumentos que passaram a integrar o nosso patrimônio público cultural”, finaliza a chefe da Divisão de Cultura, Silvana Camargo.

Paralelamente à elaboração das intervenções artísticas, o ‘Fazendo Arte tecendo a Vida’ beneficiou a Capital do Vestuário, também na última semana, com oficinas de arte e educação patrimonial nas escolas públicas. As instituições participantes – os colégios estaduais Cianorte, Itacelina Bitencourt e Igléa Grollmann – também passaram a contar com seus próprios murais, confeccionado pelos alunos e pela comunidade escolar.

A inauguração dos monumentos também foi acompanhada pelas vereadoras Márcia Pereira e Santina Buzzo; a secretária municipal de Educação e Cultura, Maria Neuza Casassa; o secretário de Administração, Eliab Vieira Moreno; o secretário de Esporte e Lazer, Valter Digiorgio; a chefe da Divisão de Educação Ambiental, Cristiane Marchini Rocco; diretores de instituições de ensino; e do proprietário da empresa Universo Truck Center, Antenor Campanerutti.

INSPIRAÇÃO

O autor do mosaico é o artista multimídia Thiago Thipan que, com o apoio do aluno Patrick, do Colégio Estadual Cianorte, pintou o muro em três dias. Segundo Thipan, a ideia da obra surgiu a partir da realidade local. “Cada cidade tem um universo de identidade. Aqui, nos inspiramos nos animais do Parque. Primeiro, desenhei cada um isolado e depois fiz a composição”, conta. No mural, os bichos estão dentro de uma arca, representando a liberdade das espécies.

A escultura, por sua vez, é obra da artista plástica e escultora paranaense, Janete Mehl que, durante quatro dias, trabalhou nas dependências da empresa apoiadora, Universo Truck Center, na elaboração de uma coruja, de uma tartaruga e de um tucano a partir de ‘sucata’. “A ideia foi transformar material de descarte em obra de arte; Dar outra história para ele”, conta. A obra possui, aproximadamente, quatro metros de altura.

Fonte: Assessoria de Comunicação