Novo clube de serviço de Cianorte desenvolverá trabalho social com crianças

Publicado: 02/08/2018

Em funcionamento desde junho deste ano, o Rotary Club Servir, pretende implantar um Núcleo de Desenvolvimento Comunitário em Vidigal

Cianorte conta, desde junho deste ano, com a atuação do Rotary Club Servir que, assim como os demais clubes de serviço existentes no município, busca desenvolver ações em benefício da sociedade por meio do esforço dos voluntários e através do levantamento de fundos. O grande diferencial da nova organização, em relação aos demais, é o interesse em atender, principalmente, crianças e adolescentes, causa que chamou a atenção do prefeito Bongiorno, que, nessa quarta-feira (1º), se reuniu com alguns dos membros.

Durante o encontro, o presidente da organização, Wagner Rampazzo, explicou que os principais trabalhos que projetam realizar se concentrarão em Vidigal, onde pretendem implantar um Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário (NRDC). “Desde o início queríamos trabalhar com crianças em situações vulneráveis. Fizemos algumas pesquisas e chegamos ao distrito como um ambiente que necessitava de uma atenção maior”, relatou. Para que o trabalho seja mais abrangente e eficaz, Wagner ainda conta que o grupo espera formar uma parceria com a Rainha da Paz, que já possui experiência com o trabalho na localidade. 

 “É nosso dever apoiar iniciativas como a de vocês, afinal temos total interesse em assegurar cada vez mais qualidade de vida, bem como o acesso à cultura, saúde e educação às nossas crianças. Elas são prioridade. Fico feliz que vocês também entendam dessa forma”, frisou o prefeito, que aproveitou a ocasião para presentear o clube, através dos membros Thaís Rampazzo, Andreá Carolina da Silva, Vitor Pallaro Bonilha, Clarice Grigoletto Zolin e Jane Maria Soldan e do coordenador de Rotary para o Estado do Paraná, José Claudiney Rocco, com as bandeiras nacional, estadual e municipal para a composição do pavilhão durante as reuniões, que acontecem ordinariamente durante o horário de almoço.

Fonte: Assessoria de Comunicação