Com Kit Folião, Secretaria de Saúde e laboratórios orientam sobre prevenção

Publicado: 14/02/2018

Sacolas automotivas contendo preservativos, géis lubrificantes e um livreto informativo foram distribuídas nos postos de combustíveis Em Cianorte, no último sábado (10), enquanto todo o país já estava em clima de Carnaval, servidores da Secretaria Municipal de Saúde saíram às ruas com uma missão especial: alertar a população sobre as precauções com as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs). Para isso, com o apoio dos laboratórios CIALAB, Cianorte, Menino Jesus, Santa Paula e São José, foram distribuídas 1.500 unidades do “Kit proteção, para todo folião!”, contendo seis preservativos masculinos, dois femininos, três géis lubrificantes e um livreto informativo; assim como foram prestadas informações sobre prevenção e os testes rápidos para HIV, sífilis e hepatites, que são realizados gratuitamente pelo Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) da Prefeitura. “Dados do Ministério da Saúde apontam que houve queda no uso regular do preservativo, principalmente entre os jovens, com faixa etária de até os 30 anos. Para atingir esse público, focamos a campanha de Carnaval deste ano nos postos de combustíveis, nos quais distribuímos os kits de prevenção dentro de sacolas automotivas. Dessa forma, tivemos uma aceitação muito boa e não poderíamos deixar de agradecer a cada um que colaborou para o sucesso dessa ação”, destaca a chefe da Divisão de Vigilância em Saúde, Heloisa Dantas. Apesar da importância do uso do preservativo ser enfatizada durante o Carnaval, Heloisa reitera que as pessoas precisam ter em mente que a camisinha é uma precaução que deve ser tomada em todas as relações sexuais, independente do período do ano. “Todos os que desejarem obter, gratuitamente, os preservativos ou géis lubrificantes, podem comparecer à sede do CTA, que atende na Travessa Itororó, aos fundos do antigo PA, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h e das 13h30 às 17h. Não é preciso qualquer preocupação, pois a retirada é feita de maneira reservada e sigilosa”, garante. Além disso, os responsáveis por indústrias, estabelecimentos comerciais ou de prestação de serviços que quiserem disponibilizar os preservativos ao público também podem fazer a retirada gratuita. “As caixas com camisinhas que são deixadas nos banheiros destes locais, por exemplo, costumam ter uma adesão elevada e, com as pessoas munidas dos preservativos, favorecem a prevenção às DSTs”, destaca Heloisa. TESTES RÁPIDOS – As pessoas que tiveram relações sexuais desprotegidas ou que suspeitam de riscos para o HIV, sífilis ou hepatites B e C podem realizar os testes rápidos no CTA, de segunda a quinta-feira, das 8h às 11h e das 13h30 às 16h. Segundo a enfermeira do local, Aline Soares de Almeida Leal, a realização é simples. “O procedimento é confidencial, não exige pedido médico, utiliza somente uma gota de sangue e fica pronto em 30 minutos. É preciso, apenas, a apresentação de um documento com foto. Todo paciente é orientado e, no caso de resultado positivo, é devidamente encaminhado ao órgão de referência no tratamento, recebendo a assistência médica e psicológica”, explica. [gallery link="file" columns="1" size="medium" ids="1105539"]

Fonte: