Cianorte terá novo Plano de Segurança Alimentar e Nutricional

Publicado: 22/06/2018

Documento, lido na última quinta-feira (21) e que segue para aprovação, estabelece diretrizes que buscam melhorar a qualidade da alimentação dos munícipes

Para estimular novas formas de produção e hábitos de consumo entre a população, bem como realizar ações de educação alimentar e nutricional, em breve, entra em vigor em Cianorte o novo Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional. O documento irá vigorar pelos próximos quatro anos (2018-2021) e foi lido pela última vez nessa quinta-feira (21), antes de seguir para a aprovação dos membros do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (COMSEA).

A leitura, que contou com apontamentos e sugestões, foi direcionada para os representantes das Secretarias de Agricultura, Assistência Social, Educação e Cultura e Saúde, que compõem a Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan). “Uma articulação importante, capaz de integrar os setores para pensarem juntos a alimentação dos cianortenses, a fim de que se torne cada vez mais saudável”, relatou o prefeito Bongiorno.

“Unidos, somos capazes de incentivar a produção agroecológica e a agricultura familiar de modo a favorecer o acesso da população a alimentos mais adequados e diferenciados; incentivar uma alimentação cada vez mais diversa nas escolas; produzir materiais educativos sobre o assunto, entre tantas coisas, sempre tendo como base as práticas alimentares que respeitem as nossas particularidades”, esclarece o técnico agrícola da Secretaria de Agricultura, Emanuel Sordi.

“O que não podemos é deixar o assunto de lado, tendo em vista que situações de insegurança alimentar podem levar a uma série de problemas de saúde, como a fome, obesidade, doenças associadas à má alimentação e ao consumo de alimentos de qualidade duvidosa ou prejudicial à saúde”, salienta a nutricionista, Fabiana Oliveira Garcia.

Fonte: Assessoria de Comunicação